Demissão por justa causa

Demissão por justa causa – 8 motivos que podem levar a uma demissão.

Para muitos, esse é um assunto polêmico e até mesmo constrangedor. Mas, na rotina de departamento pessoal, esse é um ponto muito comum e que acontece com freqüência .Sendo assim, você, como um profissional desse setor, vai conhecer 8 motivos que podem levar o funcionário a uma demissão por justa causa.Veja agora 8 motivos que podem levar a uma demissão por justa causa:

Ato de improbidade:
Caracterizado por atos de má-fé praticados dentro ou fora da empresa, como: furto, roubo, falsificação de documentos para efeito de hora-extra, marcação de ponto para colega ausente e falsificação de atestado médico.

Leia também: Entrevista de Desligamento – 2 dicas para você colocar em prática

Incontinência de conduta ou mau procedimento:
A incontinência de conduta diz respeito ao ato de má conduta do empregado em relação a atos de natureza sexual, como assediar sexualmente colegas ou o uso de expressões pejorativas ou ofensivas. O mau procedimento inclui todo e o que seja incompatível com as regras sem autorização ou deixar a empresa durante o horário de trabalho sem autorização.

Negociação habitual:
Ocorre quando o empregado usa o horário de trabalho para vender produtos aos colegas ou clientes da empresa, sem autorização de seu empregador, quando constituir ato de concorrência à empresa na qual o funcionário trabalha ou for prejudicial ao serviço.

Condenação criminal:
O empregador só pode despedir por justa causa fundamentado exclusivamente no motivo de haver sentença do juízo criminal transitada em julgado. Porém, caso a condenação não afete o ambiente de trabalho, ou seja, não esteja associada com incontinência de conduta ou mau procedimento, torna-se irrelevante, além do risco de uma ação por dano moral por parte do empregado alegando discriminação.

Chegar ao trabalho embriagado:
É o caso de empregado que se embriaga habitualmente, durante o serviço ou mesmo fora do serviço, de modo a interferir na realização de suas tarefas.

Violação de segredo da empresa:
Divulgação de marcas, modo de execução de uma atividade, fórmulas, invenções do empregador, sem o conhecimento deste.

Abandono do emprego:
Faltas por períodos superiores a 30 dias, sem justificativa, desde que o empregador comprove que o ato caracterizou a intenção do funcionário deixar o cargo e não por estar impossibilitado de comparecer ao serviço.

Indisciplina ou insubordinação:
A indisciplina é caracterizada por descumprimento de ordens gerais de serviços e a insubordinação tipifica o descumprimento de ordens pessoas do chefe imediato.

Quer fazer um curso completo e rápido de RH com FOCO em DEPARTAMENTO PESSOAL e ganhar um consultoria individualizada completa?
Estão abertas as inscrições para o curso de Gestão Recursos Humanos com FOCO em DEPARTAMENTO PESSOAL da EA Cursos. Saiba mais agora!

Curso de RH com FOCO em DEPARTAMENTO PESSOALGestão Recursos Humanos com FOCO em DEPARTAMENTO PESSOAL

EA Cursos oferece a você os mais diferenciados cursos profissionalizantes da área administrativa. (veja aqui)
Com sete anos de mercado, a equipe de professores da EA Cursos vem se destacando pela sua pró-atividade, experiência e atenção dispensada aos alunos.

O grande objetivo da nossa equipe é tornar todos os alunos ingressantes aptos a atuar na área escolhida e seguros de suas tomadas de decisões no ambiente de trabalho. Para garantir a boa qualidade do ensino e a satisfação dos alunos, a EA Cursos se preocupou em manter uma equipe de professores experiente, estrutura física da sala de aula climatizada, material didático constantemente atualizado e metodologia de ensino diferenciada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>