Como se tornar um profissional em departamento pessoal de sucesso do zero

Atualizado em 27/10/2020

Você pode se tornar um profissional em departamento pessoal de sucesso. Basta querer, treinar e trabalhar para isso.

podemos nos tornar um profissional departamento pessoal, desde que exista o verdadeiro desejo de usar essa habilidade para ganhar a vida, seja fazendo uma folha de pagamento, admissão trabalhista ou um cálculo.

A CLT é o ponto de partida para praticamente qualquer área do DP.

E quando falamos de Departamento Pessoal, isso é ainda mais verdadeiro, já que tudo começa na CLT, seja uma férias coletivas, rescisão contratual ou uma demissão.

Tornar-se um profissional em departamento pessoal é possível para todos, mas jamais será fácil.

Assim como tudo que vale a pena na vida exige tempo, dedicação e crença em si mesmo.

Agora que eu tenho sua atenção, você quer saber como se tornar um profissional em departamento pessoal, qualquer que seja sua área de atuação?

Então continue lendo…

A liberdade de se tornar um profissional em departamento pessoal

Ser profissional requer uma combinação de estudo e persistência. É preciso consciência, nossa crença de que algo é lindo porque é certo, faz sentido.

Esse é o ponto de partida. O seu porquê enquanto profissional de DP.

Dominar o departamento pessoal exige prática diária, faça chuva ou faça sol, em dias tranquilos ou conturbados, com ou sem inspiração.

Aliás, a rotina é o que mais gera liberdade na vida de um profissional

Sentar para estudar deve ser um ritual sagrado. E diário. Jamais pule dois dias seguidos se você deseja se tornar um profissional em departamento pessoal.

Dois dias levam a três, a uma semana, um mês, até que a desistência é completa e os sonhos são enterrados pela correria do dia a dia.

Defenda seu horário de estudo como se a sua vida dependesse disso. Porque ela depende.

Mas só consegue se manter firme diante das incertezas e imprevistos, aquele que sabe qual é o seu propósito. Sabe o porquê de querer se tornar um profissional em departamento pessoal.

A doença do perfeccionismo e a superação do medo

Temos medo de avançar e cometer erros, mas para crescer é preciso se lançar rumo ao desconhecido.

Aprender com a própria experiência significa vencer a insegurança. Não existe outro jeito.

A busca pela perfeição seja nos nossos atos ou nas nossas escolhas, vem pelo medo de não agradar, de não ser aceito pelo outro.

Temos essa necessidade apenas quando nós mesmos não nos aceitamos. Quando não nos julgamos bons o suficiente. A síndrome do impostor não perdoa nem os veteranos, porque ela nada tem a ver com os resultados conquistados, mas com a falta de crença no próprio potencial.

Encarar a realidade é preciso: a perfeição não existe. E algumas pessoas vão nos amar, enquanto outras vão odiar. E não há nada que você possa fazer a esse respeito.

A única coisa que está no seu controle é a sua reação a isso.

Como lidar com o julgamento alheio

O medo da opinião do outro é potencializado para quem se expõe no meio digital. Mas essas 6 verdades vão mostrar que talvez não seja tão ruim quanto você está pensando:

1. Todo comentário na internet NUNCA é sobre você. Mas sim sobre as crenças que a pessoa que proferiu o comentário”.

2. Pode ser uma raiva passageira descontada em você.

3. Pode ser uma inveja pelo sucesso mostrado e ela não ter conseguido ainda.

4. Pode ser uma visão totalmente diferente da sua, gerando emoções incontroláveis.

5.99,9% desse comentários negativos na internet nunca seriam feitos cara a cara. A barreira de uma tela preta parece garantir a falsa segurança de poder falar o que bem entender.

6.As pessoas não estão nem aí para você na internet, somente para seus umbigos. Elas não estão prestando tenta atenção assim em você como parece.

Não leve nada para o lado pessoal” – filosofia tolteca (livro: Os 4 compromissos)

O passo mais importante para se tornar um profissional em Departamento Pessoal

Já falei ali em cima: quem quer se tornar um profissional em departamento pessoal precisa estudar dp todos os dias e proteger esse momento como se a sua vida dependesse disso.

Esse fundamento é mais importante do que ter ideias geniais porque é ele que vai garantir que você chegue até elas.

A nossa mente é ótima para identificar padrões. Por esse motivo, nós precisamos criar hábitos que duram. E estudar todo dia é a melhor maneira de você se tornar um DP melhor.

Não basta estudar departamento pessoal todo dia. É preciso ser no mesmo horário e local para criar esse padrão na sua mente.

No mundo ideal, você deve evitar estudar departamento pessoal no mesmo local que você assiste Netflix ou surfa na web de forma inconsciente.

Você precisa achar um canto que seja apenas seu. E apenas para estudar dp (sem interrupções). Pode ser num quarto separado, em num café onde você vai apenas para dá uma lida na CLT.

E se nada disso é possível, um iPad, caderno ou computador exclusivo para a estudo já resolve.

O horário que você estuda Departamento pessoal precisa ser o mesmo, assim como uma atividade com hora marcada. Estudar DP todo dia no mesmo horário irá instalar um chip trabalhista no seu cérebro, criando um padrão de sucesso que será cada vez mais fácil de repetir.

Particularmente, eu prefiro as manhãs para estudar. Com a mente limpa e clara logo após tomar um bom café. É a tarefa mais complexa do meu dia, e prefiro fazê-la no meu momento de pico de energia do que ficar pensando nela o dia todo.

Hábitos criam a genialidade

O perfeccionismo destrói a possibilidade de ideias boas e realmente originais ganharem o mundo.

O perfeccionismo é o mal que impede as ideias geniais de aparecerem, porque essas nunca nascem prontas. São construídas com o tempo.

Stephen King, no seu livro Sobre a Escrita, conta que levou anos criando o livro que o projetaria para o sucesso: “Carrie, a Estranha”.

E foi por pouco que essa ideia não ganhou o mundo.

Ele acreditava que, por não simpatizar com a personagem, e nem se interessar pela história, o público também não gostaria. Por isso,  escreveu apenas 3 páginas e jogou no lixo.

Por sorte, ou destino, quem sabe, sua esposa encontrou esse rascunho e o incentivou a terminar a história. Ele assim o fez, e o resto vocês já sabem.

Se você sofre da doença da perfeição, nunca sairá do lugar.

Só evolui quem treina, recebe críticas, reflete sobre elas, estuda e implementa melhorias. Só chega em algo perto da perfeição quem se arrisca.

Como encontrar sua voz como DP

Você não precisa ver o seu destino ou tudo o que você vai passar ao longo do caminho. Você só precisa ver dois ou três metros à frente de você.

O que as pessoas esquecem de mencionar é que quando éramos crianças nós precisamos fazer muita bagunça para descobrir quem somos e porquê estamos aqui.

Não nascemos sabendo quem somos, qual a nossa identidade. Porque o seu “eu departamento pessoal” seria criado com uma voz pronta?

O profissional em dp precisa amar o aprendizado. E aprender com tudo e com todos para que a sua obra evolua e ele encontre sua voz.

É necessário aprender com a experiência dos grandes e bons, fazer um curso departamento pessoal, para depois colocar o que aprende em prática. E aprender com a própria experiência.